Aqui você vai conhecer as mazelas que impedem o Poder Judiciário brasileiro de desembainhar a espada da severidade da justiça para cumprir a função precípua da aplicação coativa das leis. Sem justiça, as leis não são aplicadas e deixam de existir na prática. Sem justiça, qualquer nação democrática capitula diante de ditadores, corruptos, bandidos, rebeldes, justiceiros, imorais e oportunistas. O Brasil precisa de uma justiça coativa, proba, célere, séria, confiável e comprometida com as questões nacionais, de direito e de ordem pública, integrada no Sistema de Justiça Criminal.
- Veja no rodapé deste blog a justiça que queremos e a que não queremos no Brasil

domingo, 4 de setembro de 2011

REAJUSTE - RELATOR NÃO VÊ POSSIBILIDADES DE AUMENTO PARA SERVIDORES

Relator não vê possibilidade de aumento para servidores do Judiciário. Impacto nos cofres públicos seria de R$ 7,7 bilhões - Fonte: R7, CORREIO DO POVO, 03/09/2011 17:13

O relator do Orçamento, deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), disse neste sábado que considera inviável o aumento para os funcionários do Poder Judiciário e do Ministério Público. Na sexta-feira, em mensagem ao Congresso Nacional, a presidenta Dilma Rousseff considerou a possibilidade.

Chinalia disse que o impacto de R$ 7,7 bilhões causado pelo aumento dos salários prejudicaria a aplicação de recursos em outras áreas e o ajuste fiscal do governo. Segundo o deputado, "o Congresso não esteve alheio a essa questão da crise, não é agora que vai estar; a prioridade é o equilíbrio fiscal."

Além disso, na opinião de Chinaglia, beneficiaria apenas uma parcela dos servidores públicos. "Eu não vejo possibilidade de beneficiar um só poder com todo este montante."

O presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS), disse que o ideal seria que todas as categorias tivessem o poder de compra recuperado com o reajuste da inflação, mas até isso parece estar distante dos funcionários do Judiciário.
"Não sei se nós teríamos condições hoje de reajustar [os salários] de acordo com a inflação, porque o valor é astronômico."

No ano passado a inflação foi 5,9%. Existem atualmente cinco projetos de reajuste para servidores do Poder Judiciário, do Ministério Público Federal e dos ministros do Supremo Tribunal Federal.

COMENTÁRIO DO BENGOCHEA - Veja bem. O "Relator não vê possibilidade de aumento para servidores do Judiciário", só para os servidores. Agora, para Ministros do STF e demais magistrados do Poder Judiciário brasileiro que se manifestaram revoltosos com nota de repúdio contra a presidente Dilma, provavelmente existirão recursos para pagar o que querem através de voto de bancada para ninguém ficar mal com os eleitores. Não confio no congresso e não acredito em bruxarias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário