Aqui você vai conhecer as mazelas que impedem o Poder Judiciário brasileiro de desembainhar a espada da severidade da justiça para cumprir a função precípua da aplicação coativa das leis. Sem justiça, as leis não são aplicadas e deixam de existir na prática. Sem justiça, qualquer nação democrática capitula diante de ditadores, corruptos, bandidos, rebeldes, justiceiros, imorais e oportunistas. O Brasil precisa de uma justiça coativa, proba, célere, séria, confiável e comprometida com as questões nacionais, de direito e de ordem pública, integrada no Sistema de Justiça Criminal.
- Veja no rodapé deste blog a justiça que queremos e a que não queremos no Brasil

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

CORREGEDORA DE JUSTIÇA - SUSPEITAS IRRITAM MAGISTRADOS

Supremo vai decidir se CNJ vai continuar com o poder de punir magistrados - Bom Dia Brasil, 28/09/2011

O Conselho Nacional de Justiça investiga juízes suspeitos de corrupção. Nesta terça-feira (27), uma corregedora da CNJ chamou juízes suspeitos de corrupção de criminosos. A declaração irritou os magistrados.




Notícias - Eliane Cantanhêde fala sobre declaração da corregedora do CNJ - Globo News 27-09-11

Crise no Judiciário do Brasil. Declaração da corregedora do Conselho Nacional de Justiça causa "saia justa". Âncora: Sérgio Aguiar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário