Aqui você vai conhecer as mazelas que impedem o Poder Judiciário brasileiro de desembainhar a espada da severidade da justiça para cumprir a função precípua da aplicação coativa das leis. Sem justiça, as leis não são aplicadas e deixam de existir na prática. Sem justiça, qualquer nação democrática capitula diante de ditadores, corruptos, bandidos, rebeldes, justiceiros, imorais e oportunistas. O Brasil precisa de uma justiça coativa, proba, célere, séria, confiável e comprometida com as questões nacionais, de direito e de ordem pública, integrada no Sistema de Justiça Criminal.
- Veja no rodapé deste blog a justiça que queremos e a que não queremos no Brasil

terça-feira, 22 de março de 2011

LEI MARIA DA PENHA - MULHER DENUNCIA, MAS É MORTA A FACADAS


PASSO FUNDO. Mulher é morta com mais de 10 facadas - ZERO HORA 22/03/2011

A Polícia Civil de Passo Fundo procura pelo suspeito do assassinato a facadas da dona de casa Dorilde de Aquino, 42 anos. O homicídio aconteceu às 21h30min de domingo, na Vila Industrial. Vizinhos ouviram gritos de socorro e chamaram a Brigada Militar.

Dorilde foi golpeada com mais de 10 facadas. Moradores afirmaram que o crime teria sido cometido por um ex-companheiro da vítima. Ela já havia registrado duas ocorrências na DP, por ter sido ameaçada pelo homem.

COMENTÁRIO DO BENGOCHEA - Impotência do cidadão, leis fracas, justiça morosa e polícia amarrada fazem parte de um sistema inoperante de ordem pública onde a bandidagem fica cada vez mais ousada, cruel e impune. Onde está a lei Maria da Penha tão propalada em versos, discursos, oratórias, promessas e outras manifestações estatais de apoio às vítimas?

As leis no Brasil são feitas para constar num papel, pois os instrumentos não funcionam e o processo não anda.

Pobre mulher...pobre cidadão de bem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário