Aqui você vai conhecer as mazelas que impedem o Poder Judiciário brasileiro de desembainhar a espada da severidade da justiça para cumprir a função precípua da aplicação coativa das leis. Sem justiça, as leis não são aplicadas e deixam de existir na prática. Sem justiça, qualquer nação democrática capitula diante de ditadores, corruptos, bandidos, rebeldes, justiceiros, imorais e oportunistas. O Brasil precisa de uma justiça coativa, proba, célere, séria, confiável e comprometida com as questões nacionais, de direito e de ordem pública, integrada no Sistema de Justiça Criminal.
- Veja no rodapé deste blog a justiça que queremos e a que não queremos no Brasil

sábado, 4 de setembro de 2010

COMPLACENTE - TRAFICANTE É PRESO DUAS VEZES EM MENOS DE UM MÊS


Traficante preso duas vezes - Zero hora, 04/09/2010

Um homem foi preso duas vezes em uma semana por tráfico de drogas.

A primeira prisão aconteceu em 27 de agosto, em Novo Hamburgo. Detido, Rodrigo Adriano da Silva, 27 anos, foi levado ao presídio e liberado pela Justiça na segunda-feira.

Na manhã de ontem, foi preso novamente. Na casa dele, na Estrada Leopoldo Petry, Vila das Flores, foram encontrados um revólver calibre 22, seis munições do mesmo calibre, 13,2 quilos de maconha, material para embalar a droga e um pote com moedas. Um tanque de combustíveis (foto) também foi encontrado.

COMENTÁRIO DO BENGOCHEA - "Pra que Polícia? Pra que Justiça? Pra que leis?", diria um indignado e aterrorizado cidadão brasileiro que paga os mais altos impostos do mundo para manter altos salários e estrutura palaciana para Poderes que não cumprem suas funções precípuas de preservar a paz social neste país.

Nenhum comentário:

Postar um comentário