Aqui você vai conhecer as mazelas que impedem o Poder Judiciário brasileiro de desembainhar a espada da severidade da justiça para cumprir a função precípua da aplicação coativa das leis. Sem justiça, as leis não são aplicadas e deixam de existir na prática. Sem justiça, qualquer nação democrática capitula diante de ditadores, corruptos, bandidos, rebeldes, justiceiros, imorais e oportunistas. O Brasil precisa de uma justiça coativa, proba, célere, séria, confiável e comprometida com as questões nacionais, de direito e de ordem pública, integrada no Sistema de Justiça Criminal.
- Veja no rodapé deste blog a justiça que queremos e a que não queremos no Brasil

terça-feira, 18 de junho de 2013

JUSTIÇA DETERMINA PENA DE SE APRESENTAR NA BM EM DIAS DE PROTESTO


ZERO HORA 18/06/2013 | 18h51

Manifestantes presos por vandalismo terão de se apresentar à BM em dias de protestos. Determinação é semelhante ao que foi imposto a torcedores da dupla Gre-Nal envolvidos em brigas de estádios

José Luís Costa

O Juiz Carlos Francisco Gross determinou no fim da tarde desta terça-feira a soltura de quatro dos 10 manifestantes presos em flagrante por envolvimento nos tumultos na noite de segunda-feira em Porto Alegre.

Em seu despacho, o magistrado enfatizou que os manifestantes têm direito à liberdade provisória, mas estabeleceu uma condição: daqui para frente, os manifestantes terão de se apresentar ao 1º Batalhão de Polícia Militar (1º BPM), nos horários de futuros protestos, e lá permanecer até o encerramento das passeatas.

A ordem já vale para a próximo manifestação, marcada para esta quarta-feira, quando os grupo terá de estar no 1º BPM a partir das 17h. A determinação é semelhante ao que é imposto a torcedores da dupla Gre-Nal envolvidos em brigas de estádios.


COMENTÁRIO DO BENGOCHEA - Assim como os torcedores punidos com este tipo de pena não respeitaram a decisão da justiça, pode ocorrer o mesmo com os vândalos, já que esta desobediência não dá nada no Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário